SEJA BEM VINDO




Pesquisar este blog

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Gols para a mãe e melhor atuação da carreira: a noite de Balotelli por Mario


Decisivo na vitória sobre a Alemanha, atacante mostra-se especialmente feliz com a presença materna no estádio e garante que artilharia não é importante


O atacante Mario Balotelli foi decisivo para a classificação italiana à final da Eurocopa, que será no próximo domingo contra a Espanha. Ele marcou os dois gols da vitória sobre a Alemanha nesta quinta-feira e, segundo as palavras do próprio, teve a melhor atuação de sua carreira. E não foi só isso. O jogo teve um sabor ainda mais especial para o atacante pelo fato de sua mãe adotiva, Silvia, ter acompanhado tudo de perto.
- Essa foi a maior noite da minha carreira, mas espero que domingo seja ainda melhor. Eu dedico meus gols à minha mãe. Ela é idosa e estava no estádio nesta noite. Estou feliz porque gostaria de ter feito um gol para ela. No domingo, meu pai estará aqui também e eu gostaria de marcar novamente - disse o atacante, em entrevista ao canal italiano RAI.
Balotelli e sua mãe, Itália (Foto: Agência EFE)Balotelli com a mãe Silvia (Foto: Agência EFE)
Mesmo com a atuação de gala, Balotelli não recebeu o prêmio de melhor do jogo, que ficou nas mãos de Pirlo. Outro consolo poderia ser a artilharia da Eurocopa. Afinal, ele divide atualmente o posto de goleador com Cristiano Ronaldo (Portugal), Alan Dzagoev (Rússia), Mario Mandzukic (Croácia) e Mario Gómez (Alemanha) - todos com três gols marcados. Mas nada disso impressiona Balo, que está obcecado no título europeu.
Mario Balotelli marca gol da Itália contra a Alemanha (Foto: AP)Mario Balotelli acerta um chute indefensável para fazer Itália 2 x 1 Alemanha (Foto: AP)
- Artilharia? Vamos ver. Gostaria mesmo era de marcar na final. Mas não ligo como vai ser minha atuação no domingo. O que eu quero é vencer - disse o atacante.
Para levantar a taça da Euro, Balotelli e companhia terão que passar pela Espanha na final deste domingo. As duas seleções já se enfrentaram na primeira fase – no empate por 1 a 1 – e os italianos esperam tirar proveito disso.
- Não temos medo da Espanha. Sabemos como eles jogam e sabemos como batê-los. Nós temos que ter paciência e esperá-los. Eles trocam muitos passes nas sabemos como vencer - acrescentou Balotelli.
Sonho italiano
Já o lateral-esquerdo Giorgio Chiellini, que era dúvida para o duelo desta quinta, disse que a classificação para a final representa um sonho.
- Há dez dias, jogar esta partida era apenas um sonho. Tenho que agradecer ao departamento médico e ao técnico por me ajudarem a me recuperar. Estamos vivendo um sonho junto com milhões de italianos - disse Chiellini.

Nenhum comentário:

Postar um comentário