SEJA BEM VINDO




Pesquisar este blog

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Copa da Itália: Lazio bate Juve e vai à final em dia de susto de Hernanes


Um dia depois de ser pai, brasileiro cai desacordado após choque com rival, recupera os sentidos, mas deixa o campo com a cabeça sangrando

O Lazio venceu o Juventus por 2 a 1 nesta terça-feira e garantiu vaga na final da Copa da Itália. Na ida, o time da capital havia arrancado empate por 1 a 1 em Turim. Contudo, mais importante do que a classificação é a saúde do meia Hernanes, que protagonizou um episódio de muita tensão. O brasileiro bateu cabeça com Marrone, caiu desmaiado e deixou o gramado com a cabeça sangrando. Pouco após a queda, deu sinais de que estava acordado.
O adversário da decisão, que será disputada no dia 26 de maio no Estádio Olímpico, será conhecido apenas no dia 6 de abril quando Inter e Roma se enfrentarão em Milão. Na ida, a equipe da capital venceu por 2 a 1.
Hernanes Lazio machucado (Foto: AFP)Hernanes deixa o campo após choque com Marrone, que não sentiu tanto e seguiu jogando (Foto: AFP)
O verdadeiro calcio
Feio, violento e com poucos gols. O primeiro tempo foi a essência do que o futebol italiano tem oferecido ultimamente.  O Juventus vem de uma polêmica por um pênalti não  marcado a seu favor contra o Genoa no último domingo. As reclamações resultaram em vários jogadores punidos, além do técnico Antonio Conte. Contra o Lazio, a partida começou com uma situação semelhante, só que sem tantos protestos.
Aos sete minutos, Vucinic recebeu por trás da defesa, caiu após choque com o goleiro e reclamou de pênalti - ignorado pelo árbitro.  O Alvinegro foi melhor, mas precisa desesperadamente de um bom atacante para concluir suas jogadas. Vucinic tentava se movimentar, mas raramente criava chances. O Lazio por sua vez, não respondia. Hernanes, aos 25, acertou o primeiro chute perigoso, fazendo a bola passar por cima do gol.
Juve dá sinais de vida, mas Lazio leva a melhor
Quando a partida caminhava para o intervalo, o Juve começou a transformar a superioridade em chutes a gol. Aos 45, Vucinic chutou à queima-roupa, mas o ótimo goleiro Marchetti defendeu. Giovinco, dois minutos depois, deixou Ciani na saudade, ficou de frente par o gol, mas como o arremate não é seu forte, não deu trabalho para o arqueiro do Lazio realizar nova defesa.
Na segunda etapa, aos sete minutos, os donos da casa foram premiados mesmo sem merecer. Ledesma levantou a bola na área, e González cabeceou para o gol. Na comemoração, o uruguaio ergueu uma camisa de Scaloni, que recentemente deixou o clube e se transferiu para o Atalanta.
Sebastian Giovinco do Juventus e Michael Ciani do Lazio (Foto: AFP)Giovinco deu trabalho a Ciani, mas pecava na hora de concluir a gol (Foto: AFP)
O drama de Hernanes
Um dia depois de ser pai de seu terceiro filho, Hernanes deu um susto em torcedores e familiares. O brasileiro, que está convocado para o amistoso contra a Inglaterra no próximo dia 6 em Wembley, subiu para tentar ficar com a bola e acabou chocando a cabeça com a de Marrone. O meia caiu desacordado e o choque com o chão foi forte, causando sangramento. Para alívio de todos, o jogador acordou, mas teve que deixar o campo em uma maca, sendo substituído logo em seguida.
Em desvantagem, o Juventus seguiu em busca de um golzinho, mas Giovinco era o único a criar jogadas - apesar de seus fracos chutes. Pirlo, eleito no domingo o melhor jogador do futebol italiano em 2012, entrou no lugar de Padolin para tentar dar mais criatividade à equipe.
Fortes emoções
A torcida do Lazio já comemorava a classificação quando o árbitro resolveu dar seis minutos de acréscimo. O Juventus agradeceu e aproveitou. Aos 46, a bola sobrou livre no meio da área, Radu hesitou em tentar afastar, mas Vidal não pensou duas vezes e  empurrou para o gol. Um minuto depois, contudo, em cobrança de escanteio, Floccari cabeceou e garantiu a vaga para o Lazio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário